mordedor

Mordedor que vai na geladeira – Conheça essa novidade!

Vai comprar um mordedor para o seu bebê e ainda não sabe qual a importância desse item, e nem o modelo que deve escolher?

Não se preocupe, vamos te ajudar nessa!

Por ser um objeto que o bebê vai morder, eles costumam chamar a atenção dos pequenos, principalmente quando tem uma textura macia, são coloridos, possuem formatos diferentes, e etc.

Como é algo que entrará em contato diretamente com a boca deles, é necessário fazer uma boa escolha e é claro, sempre higienizá-lo corretamente após cada uso.

Quando os bebês chegam por volta dos 6 meses, os dentinhos irão lentamente começando a nascer, rompendo a gengiva e isso vai causar problemas como dor, coceira e desconforto.

Essa é uma das fases mais delicadas, e para aliviar essa dor não é tão simples assim. Por isso que uma das coisas que ajuda muito os bebês nesse momento é utilizar um bom mordedor, para que eles se distraiam e diminua a dor.

Porém há diversas opções diferentes de mordedores no mercado atualmente, e para que você saiba escolher uma alternativa segura e confiável para o seu filho que estamos aqui e separamos algumas dicas para te auxiliar.

Quer saber um pouco mais? Vamos lá!

Fonte: Buba Baby

No que devo me atentar ao adquirir um mordedor?

Os mordedores ainda ajudam em outras coisas além do já mencionado anteriormente, como a treinar e fortalecer a musculatura necessária a mastigação dos alimentos, os deixando ainda mais preparados para essa nova fase, antes mesmo do nascimento dos dentes.

Principalmente por isso, por auxiliar na dentição, e por ser um item que o bebê pode colocar na boca e morder sem medo, o mordedor é um produto indispensável para qualquer bebê, e que deve fazer parte da sua rotina com ele.

Esse item é um dos poucos que pode ser utilizado já a partir de 0 meses de idade, quando o bebê ainda for recém-nascido, pois é completamente benéfico e seguro. 

E para que você faça essa escolha corretamente, segue abaixo alguns dos cuidados que você deve tomar antes de adquiri-lo:

  • É obrigatório que o brinquedo possua o selo de aprovação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia), que garante que ele seja completamente é seguro, testado e atóxico para os bebês;
  • Fique atenta a faixa etária recomendada para o produto. A informação é essencial para que o mordedor seja usado corretamente em relação ao seu tamanho, material e pegada;
  • Como os pequenos ainda não têm a coordenação motora bem desenvolvida, prefira os modelos mais longos, que são mais fáceis de segurar com as mãos e colocar na boca ao mesmo tempo;
  • Mordedores podem ser feitos de borracha, silicone, vinil, tecido ou em gel. Este último é o mais adequado para aliviar as dores e as coceiras provocadas pelo nascimento dos dentes;

Coloque o brinquedo na geladeira antes de oferecer à criança, pois a baixa temperatura funciona como um anestésico para a gengiva.

Todos esses modelos e materiais mencionados, podem ser colocados na geladeira antes do uso, algo que ajudará a aliviar a dor, relaxar e costuma ser uma ótima alternativa principalmente na fase de dentição.

Para isso, os mais recomendados são os de silicone, que permitem também que a gengiva seja massageada e estimulada, aliviando bastante o desconforto.

Há algumas outras opções também de mordedores interativos, que estimulam e auxiliam no desenvolvimento audiovisual e cognitivo do bebê, sendo mais lúdico e divertido, com diversas opções, como chocalho, treme-treme, e etc, além de também possuir as demais funções que os outros tem, e podem ir na geladeira.

E então gostou das nossas dicas de hoje sobre mordedores?

Agora que os conhece melhor e sabe todos os benefícios de usar esse item no dia a dia com seu bebê, basta escolher um modelo da sua preferência em nosso site e mandar ver!

Acompanhe também nosso blog e fique sempre por dentro das novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.